Como prevenir e tratar a Hiperplasia da próstata

Preocupado com a saúde de sua próstata? Veio até aqui querendo saber como manter essa glândula saudável e garantir sua qualidade de vida? Então, está no lugar certo, confira como prevenir e tratar a hiperplasia da próstata.

Além de lembranças, experiências, os homens, ao envelhecer, acabam se deparando, também, com problemas típicos da idade, e a hiperplasia da próstata é um deles.

A hiperplasia da próstata, ou hiperplasia prostática benigna (HPB), ou ainda, próstata aumentada, acomete mais da metade dos homens com idade superior a 60 anos.

Causas da hiperplasia da próstata

 

A idade é, sem dúvida, a principal causa da hiperplasia da próstata, inclusive, em homens com 80 anos ou mais, o índice de ocorrência chega a 90%.

Sintomas da hiperplasia da próstata

Quanto aos sintomas, eles costumam ser os mesmos de outros problemas nessa glândula, se tornando vital a ida ao urologista para um diagnóstico preciso.

De uma forma generalizada, os sintomas são:

  • Maior necessidade de urinar (urgência urinária), principalmente à noite;
  • Presença de jato de urina mais fraco;
  • Sensação de ardência ao urinar;
  • Dificuldade para começar a urinar.

É preciso considerar a localização da próstata, que envolve parte da uretra, o seu aumento acaba causando sintomas desagradáveis, desde dificuldade até vontade frequente de urinar.

Vale saber que embora ao completar 80 anos, 80% dos homens apresentem hiperplasia da próstata, só um terço deles desenvolve sintomas, por isso, é fundamental visitar o médico frequentemente.

Dicas para se prevenir:

Uma das melhores dica para se prevenir é fazendo o uso de algum suplemento natural, e o renova prost funciona muito bem para fazer essa prevenção de doenças da próstata. Mas além desse suplemento, as dicas abaixo também irão ajudá-lo.

1.     Coma mais legumes

 

Invista em legumes, principalmente, em tomate, e qualquer outro rico em vitamina C, também vale apostar no antioxidante luteína, presente no pimentão e no espinafre. Invista também na cebola, que é rica em fitoestrogênios.

2.  Invista em descafeinados

Até uma xícara de café de manhã por dia, ainda faz bem, passou disso, prefira descafeinado. A cafeína é um diurético natural que tem vantagens e desvantagens. Por isso, evite também chás com cafeína, chocolate e AAS.

3.  Aposte em Soja e linhaça

 

A soja e a linhaça são fontes de compostos vegetais equivalentes aos hormônios chamados fitoestrogênios, que ajudam a prevenir a hiperplasia da próstata, bloqueando a enzima que transforma a testosterona, que é o que causa o crescimento da próstata.

Estudos apontam que um dos grandes motivos para as altas taxas de hiperplasia da próstata seja a ingestão de menores quantidades de alimentos ricos em fitoestrogênios.

4.  Faça atividades físicas regularmente

Pesquisas comprovaram que homens que queimam mais calorias por semana, praticando atividades físicas, têm metade da probabilidade de desenvolver hiperplasia da próstata. Vale caminhar quatro horas por semana, praticar duas horas semanais de natação, ou  correr duas horas por semana.

5.   Controle o colesterol

Os hormônios da reprodução, como a testosterona, são em grande parte feitos de colesterol, assim, homens com altas taxas de mau colesterol têm mais tendência a desenvolver hiperplasia da próstata.

6.  Evite o açúcar

Pegue leve no açúcar e nos carboidratos para poder perder peso e prevenir o aumento da glicemia. Homens obesos mais chances de desenvolver hiperplasia da próstata do que os que estão na faixa do peso ideal. Além disso, a glicemia elevada também oferece três vezes mais chances de desenvolver hiperplasia da próstata que os níveis normais.

7.    Evite o álcool

Duas ou mais doses de bebida alcoólica por dia oferecem um terço maior de chance de desenvolver hiperplasia da próstata do que apenas uma dose.

8.  Medicação controlada

Quem faz uso de diuréticos por causa de pressão arterial alta ou de insuficiência cardíaca, deve conversar com o médico, as vezes só baixando a dose já diminui o número de idas ao banheiro, melhorando a qualidade de vida.

9.  Não tente segurar a urina

Não prenda o xixi, sempre que der vontade, vá logo ao banheiro, para não forçar a bexiga.

Lembrando que a ida regular ao médico é fundamental, principalmente, após os 50 anos. E sempre que suspeitar de algo errado, busque o quanto antes a orientação médica, sem dúvida essa é a melhor forma de prevenir, ou mesmo, poder tratar precocemente e evitar o agravamento da situação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *